Kaori – Perfume de Vampira

30/11/2009

Autora: Giulia Moon

Giz Editorial

Nota: 9,7

Primeiramente, queria dizer que fiquei tão satisfeita com a leitura, que decidi não só recomendá-la, mas também presenteá-la neste Natal.

O livro Kaori – Perfume de Vampira possui uma narrativa fascinante do passado e do presente, envolvendo dois personagens extremamente cativantes.

A história de Kaori, uma adolescente transformada em vampira na época do Japão feudal, nos mostra as diversas mudanças ocorridas não só no país onde mora, mas também em seu ser.  Um dos motivos pelo qual a narrativa surpreende é pela busca histórica que a autora fez para criá-la. No livro, encontramos elementos do folclore japonês, famosas artes, e personagens bem característicos daquela época.

A outra narrativa, que se passa em 2008, nos apresenta Samuel, um olheiro de vampiros. Ele trabalha catalogando aparições de vampiros na cidade metropolitana de São Paulo, mas devido ao seu bom caráter, acaba envolvendo-se em uma grande confusão. Também contamos com a presença de Beatriz, uma bióloga apaixonada por sua área de atuação, Mimi, um vampiro gay com uma personalidade única, entre outros.

No geral, Giulia nos apresenta uma protagonista com uma definição bem diferente de certo ou errado. Kaori utiliza sua natureza vampiresca e seus dons femininos para alcançar seus objetivos. Em diversos momentos, ela é fria, calculista e até mesmo cruel. Ao mesmo tempo, ela se mostra uma criatura doce, que se importa com os outros. Esse paradoxo flui naturalmente com a vampira, tornando-a muito querida.

Após o término da leitura, admito que fiquei alguns dias pensando nos personagens e nas revelações que ocorreram próximas ao final do livro. Notei que estava ansiosa por uma continuação e acredito que isso revele muito sobre a qualidade do livro.

Parabéns, Giulia Moon! Kaori – Perfume de Vampira é uma excelentíssima obra.

Anúncios

Convite “Metamorfose: A Fúria dos Lobisomens”

26/11/2009

Marcarei presença com o conto “Fúnebre Luar”.

Aguardo a todos!


Mudanças no Público de Ficção Científica

16/11/2009

No programa Espaço Aberto, o apresentador leva convidados para falar a respeito das mudanças no público de ficção científica assim como sua popularidade no Brasil.

Para aqueles que procuram boas recomendações de clássicos da literatura fantástica estrangeira, este vídeo possui alguns títulos que inspiraram filmes famosos como Odisséia 2001, Matrix, etc.

O vídeo também fala sobre as diferenças no público dos anos 70-80, que não possuíam tanta tecnologia à disposição e o público de agora, com informação disponível em um único clique. Percebemos como nos tornamos mais exigentes em relação as idéias apresentadas nas histórias. Preferimos, em geral, idéias mais realistas, com conceitos inovadores e que saiam um pouco do padrão destruição do mundo/donzela em perigo. Muitos leitores no mundo inclusive procuram novos títulos de ficção científica que lidam com sua área de trabalho. Um exemplo é a entrevista com a bióloga molecular que procura livros que falam sobre o DNA, com idéias plausíveis e interessantes. Ao invés de ler somente documentos acadêmicos, teóricos e de não-ficção, essas pessoas optam também por algo mais dinâmico e criativo.

Adriano Fromer, da Editora Aleph, também mostra o outro lado deste mercado. A reimpressão de clássicos de literatura fantástica como Ubik, Neuromancer, etc. atraem uma nova geração de leitores, ansiosos para conhecerem os títulos que conquistaram milhares no mundo todo.

 


Convite “Marcas na Parede”

09/11/2009

mnp_convite_Larissa Caruso


Lançamento “Marcas na Parede” dia 21 de Novembro. Compareça!

08/11/2009

Estarei no lançamento dando autógrafos!

Marco presença nesta publicação com os  contos “Pequena Ordinária” e “O Poder das Palavras”

mnp_cartaz