Lançamento: Aos Olhos da Morte de M. D. Amado

29/07/2010

Através da Editora Literata, o autor M.D. Amado, organizador do site Estronho e Esquésito e de diversas produções de qualidade, lançará um livro de contos sobre a morte chamado ‘Aos Olhos da Morte’.

O lançamento acontecerá no Bardo Batata dia 14 de Agosto a partir das 18 horas.

Sinopse:

Quem nunca teve medo da morte? Ou estremeceu a simples menção dessa palavra? Descubra, através destas páginas, o quanto você teme o inevitável. Está preparado para enfrentar a morte? Se vista de coragem, familiarize-se com ela, mergulhe nestes parágrafos e descubra a dor e a beleza em cada conto. Sinta o hálito gélido da morte, encare seus olhos e deixe-se beijar. Neste livro, M. D. Amado nos revela as várias facetas da morte e todos os sentimentos que provoca no ser humano: dor, ódio, medo, saudade, revolta… E amor. Tudo maravilhosamente escrito em 21 contos emocionantes e surpreendentes, sem limites entre o mórbido e o belo. Entre, seja bem-vindo. Afinal, a morte nos espera…

Vale a pena conferir!

Twitter do autor: @estronho

Link do livro no skoob:http://www.skoob.com.br/livro/114614


Extraneus – Volume 2 – Quase Inocentes

08/07/2010

Para quem gostaria de ver seu texto publicado gratuitamente, aqui esta uma ótima oportunidade. Tenho certeza que será bem concorrida a seleção, mas vale a pena participar!

Estão abertas as inscrições para o segundo volume da coleção Extraneus organizada pelo site Estronho e pela Editora Literata.

Esta coletânea propõe publicar contos que envolvam crianças. Podem ser crianças assassinas, psicopatas, vampiras, lobisomens, alienígenas, ou o que mais o autor  conseguir imaginar.

Ela conta com sete autores convidados de literatura fantástica. Segue a lista:

Prefácio: Martha Argel

Informações:

  1. Cada autor pode enviar somente 1 (um) conto por volume.
  2. Fonte Arial, tamanho 12
  3. 10 mil caracteres (com espaço)
  4. Arquivo precisa ser anexado no e-mail
  5. Assunto deve seguir o seguinte padrão: SELEÇÃO VOLUME 2 [AUTOR] [ TITULO]
  6. Corpo do e-mail: nome completo, pseudônimo a ser publicado, cidade, estado e uma minibiografia.
  7. E-mail: extraneus@estronho.com.br
  8. Data de término: 30 de Agosto de 2010

Participem!


Resultado do 2º Concurso de Minicontos do site Estronho e Esquésito

23/04/2010

É com muito orgulho que apresento o resultado do 2º Concurso de Minicontos do site Estronho e Esquésito.

Foram 113 autores inscritos com minicontos de grande qualidade.

RESULTADO FINAL:

1º Colocado: Sou eu o monstro? (Autor: Luiz Ehlers)

2º Colocado: Alice e o monstro debaixo da cama (Autora: Claudia Zippin Ferri)

3º Colocado: Noites de tormenta (Autor: Geraldo Trombin)

Lista Completa dos 30 Melhores Classificados

Participei do concurso sem nunca ter escrito algo tão curto e com um tema tão específico. Fiquei muito feliz em ver meu nome entre os 10 primeiros. E por isso, é com muita satisfação que lhes apresento o miniconto NOVO LAR que garantiu minha classificação em  7º lugar no concurso.

NOVO LAR

Por: Larissa Caruso

Todas as noites, imerso na escuridão, ele vagava à procura daqueles que lhe fortaleceriam novamente. O mundo havia mudado, no entanto. Ninguém ria, e muito menos temia. As fadas já não existiam mais, e seu povo começava a se tornar extinto. Um tempo atrás, tudo que precisava fazer era mostrar seus malignos olhos vermelhos. Hoje, nem mesmo lençóis destroçados alcançavam seu objetivo: assombrar os pequeninos. Tentou mudar de tática. Alojou-se no armário, e até mesmo no espelho. Desiludido, voltou para debaixo da cama.

Já era tarde e somente um dos cinco que visitara ficara assustado com sua aparição. A energia de seu corpo se esvanecia, e logo, ele também deixaria este mundo. Enfraquecido, observava o menino que brincava, no escuro, ao som de tiros e gritos arrepiantes. E então, teve uma idéia. Deixou seu lugar costumeiro e instalou-se na torre metálica do computador, ao pé da escrivaninha. Sua hedionda imagem formou-se na tela colorida que o menino encarava. Um grito assustado deixou os lábios da criança, e imediatamente, sentiu sua força retornando. Sorriu diabolicamente. Havia encontrado um novo lar.